AW-384107439 GTM-MW9T2GJ
 
  • clinicadehipnose

O que é flow ? (Fluxo)

Fluxo (do inglês: flow) é um estado mental de operação em que a pessoa está totalmente imersa no que está fazendo, caracterizado por um sentimento de total envolvimento e sucesso no processo da atividade. Proposto pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, o conceito tem sido utilizado em uma grande variedade de campos.

Componentes do fluxo Editar

De acordo com Csikszentmihalyi, os componentes de uma experiência de fluxo podem ser especificamente enumerados. Apesar de todos os componentes abaixo caracterizarem o estado de fluxo, não é necessária a presença de todas estas sensações para experienciar o estado de fluxo:

Objetivos claros (expectativas e regras são discerníveis). Concentração e foco (um alto grau de concentração em um limitado campo de atenção). Perda do sentimento de auto-consciência. Sensação de tempo distorcida. Feedback direto e imediato (acertos e falhas no decurso da atividade são aparentes, podendo ser corrigidos se preciso). Equilíbrio entre o nível de habilidade e de desafio (a atividade nunca é demasiadamento simples ou complicada). A sensação de controle pessoal sobre a situação ou a atividade. A atividade é em si recompensadora, não exigindo esforço algum. Quando se encontram em estado de fluxo, as pessoas praticamente “se tornam parte da atividade” que estão praticando e a consciência é focada totalmente na atividade em si.

Fonte : Wikipedia

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A hipnose segundo Freud

O médico austríaco, Franz Anton Mesmer (1734 -1815), ao tratar pacientes neuróticos, além de empregar a técnica da hipnose, a qual ele originou e que veio posteriormente a ser aceita como uma técnica

Conheça o EMDR: uma nova terapia para traumas

A técnica também auxilia o tratamento de depressão, síndrome do pânico, transtorno de ansiedade, distúrbios do sono e a superar os lutos por Samantha Cerquetani Em 1984, Rosana Leite sofreu um acident

O Que é Programação Neurolingüística – PNL?

Programação Neurolingüística – PNL, foi criada nos E.U.A., na década de 70, por Richard Bandler, um matemático e perito em computadores, e por John Grinder, um lingüista especializado em Gramática Tra