top of page
  • Foto do escritorFLAVIO BOCK

Tudo Sobre a Fluoxitina

Fluoxetina é um antidepressivo inibidor seletivo da recaptação da serotonina (SSRI), utilizado para tratar distúrbios do humor, como depressão e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), entre outros.

O funcionamento da fluoxetina se baseia na teoria da regulação da serotonina, segundo a qual a disponibilidade de serotonina nos neurotransmissores pode afetar o humor e o comportamento. A fluoxetina funciona bloqueando a recaptação de serotonina pelas células nervosas, resultando em níveis mais elevados de serotonina disponível nos neurotransmissores.

Estudos sugerem que a serotonina pode desempenhar um papel na regulação do humor e do comportamento, e que aumentos nos níveis de serotonina podem ter um efeito antidepressivo. Além disso, a fluoxetina pode afetar outros neurotransmissores, como noradrenalina e dopamina, além de modificar a atividade de algumas regiões cerebrais, como o hipotálamo e o córtex pré-frontal.

A fluoxetina é geralmente bem tolerada e tem uma boa segurança, mas pode causar efeitos colaterais, como náusea, boca seca, insônia, dor de cabeça, tontura e alterações sexuais, entre outros. Além disso, a fluoxetina pode interagir com outros medicamentos, incluindo outros antidepressivos, ansiolíticos, anticonvulsivantes e medicamentos para pressão arterial.

Em resumo, a fluoxetina é um antidepressivo inibidor seletivo da recaptação da serotonina que funciona aumentando os níveis de serotonina disponíveis nos neurotransmissores. O mecanismo de ação inclui o bloqueio da recaptação de serotonina e afeta outros neurotransmissores e regiões cerebrais, além de ser geralmente bem tolerada e segura, mas pode causar efeitos colaterais e interagir com outros medicamentos.

Flavio Bock

#hipnoterapia #pnl #s

0 visualização0 comentário
bottom of page